Descubra como eliminar pontos cegos em uma rede Wi-Fi


Pontos cegos em redes Wi-Fi são um problema irritantemente comum. Esses desvios de sinal são muito mais do que apenas uma simples dificuldade na intensidade da conexão. Com isso, é possível, por exemplo, que dispositivos a uma mesma distância do roteador recebam qualidades de sinal diferentes, de acordo com os objetos e cômodos no caminho.



Roteadores inteligentes: lista traz aparelhos para turbinar Wi-Fi

Para piorar, a solução para esses problemas pode nem sempre ser a mais simples. No entanto, não se assuste, pois, no tutorial abaixo, você poderá entender como os pontos cegos acontecem em uma rede Wi-Fi, assim como encontrar dicas para consertar a falha na conexão sem fio.



Se você estiver com problemas quanto à força do Wi-Fi - especialmente se outros dispositivos ao redor estiverem recebendo sinais corretamente, e o seu não -, tente seguir o passo a passo baixo. 

Verifique o posicionamento
Antes de comprar qualquer tipo de equipamento adicional, a primeira coisa que você precisa fazer é garantir que os componentes da rede estejam posicionados corretamente. 

Isso pode até parecer estranho, mas a verdade é que a localização específica do roteador e do PC faz toda a diferença.
Alguns aparelhos eletrônicos que ficam no caminho entre o computador e o roteador podem afetar a força do sinal, especialmente se forem dispositivos como microondas, geladeiras e telefones fixos. Por isso, se você puder, certifique-se de que não há gadgets que diminuem a intensidade do sinal no caminho entre o roteador e o PC.
Verifique também quantos andares e paredes o sinal tem de passar para chegar à sua máquina. Quanto maior for a distância a ser percorrida, mais fraco ficará o sinal. Além disso, quanto mais densa for a parede ou o chão, mais fraco o sinal pode ficar.
Se você notar que o sinal tem que passar por obstruções muito sólidas, como paredes de tijolo, ou até mesmo um aquário, provavelmente, essa será uma das explicações para o sinal fraco do Wi-Fi. Para resolver isso, mova os dispositivos, para que o sinal passe sem obstruções. Se você não puder mudar o roteador de lugar para melhorar o sinal, mude o local em que está o dispositivo que pretende usar. 
Outra coisa a considerar é elevar o local onde o roteador está posicionado, especialmente se o roteador está no chão. Colocá-lo em uma prateleira ou uma tabela pode ajudar a aumentar a força do sinal para chegar aos andares superiores, afinal, as ondas de sinal vão para os pontos mais altos do ambiente.
Com isso, o ideal é manter o roteador em um local alto e razoavelmente central em relação aos computadores, sem dispositivos que possam diminuir a intensidade do sinal no caminho entre o roteador e o PC.
Troque a antena do roteador ou adaptador
Mudar a posição da antena do roteador ou do PC para procurar um sinal melhor pode ajudar. Caso isso não funcione para você, uma solução pode ser trocar por uma antena mais potente. 

Com isso, você poderá desfrutar de um melhor sinal Wi-Fi sem ter que mover o PC ou roteador. Isso é particularmente útil se você está com limitações de espaço e não pode se dar ao luxo de mover o roteador ou computador para outro lugar.


Use um adaptador USB
Se o seu computador, roteador ou placa-mãe com Wi-Fi não tem antena, comprar um adaptador sem fio PCI-E pode ajudar. No entanto, se acabarem os slots PCI-E do PC, você pode comprar um adaptador USB. Os adaptadores USB executam o mesmo trabalho que um adaptador PCI-E ou interno, exceto que eles não precisam estar conectados diretamente a um slot USB.
Adaptadores USB também podem vir em bases que ficam no final de cabos de extensão USB. Isso significa que você pode posicionar o adaptador USB de forma semelhante ao que se faz com uma antena e, assim, contornar um ponto cego.

Faça a atualização de hardware e firmware
Uma outra dica é certificar que o roteador e o adaptador usados estão relativamente atualizados. Para isso, você não precisa ser extremamente vigilante quanto à idade dos dispositivos, pois não é só o tempo de uso do aparelho que importa, mas também a versão do sistema. 
É necessário, com isso, verificar se o adaptador sem fio e o roteador estão com os drivers e firmwares atualizados. Afinal, placas e roteadores novos - e com firmware atualizados - são menos sujeitos a ponto cegos. Você poderá fazer isso junto com o suporte da fabricante, que, geralmente, fica no site oficial. Nessa área, você também poderá saber como atualizar os aparelhos. 

Use um extensor Wi-Fi (repetidor)
Se quiser realmente acabar com pontos cegos em uma rede Wi-Fi, você pode contar com a ajudar de um extensor Wi-Fi ou repetidor. Esses dispositivos atuam como um intermediário para sua conexão Wi-Fi, passando dados entre o roteador e o seu computador.
Com isso, você poderá superar obstáculos como paredes grossas ou interferências elétricas, colocando o extensor longe do obstáculo, estendendo o sinal. Para saber mais sobre o assunto, o TechTudo tem duas matérias úteis
Pontos cegos em redes Wi-Fi podem ser muito chatos, especialmente se a causa não for óbvia à primeira vista. No entanto, as dicas acima, principalmente quando combinadas, devem ajudar bastante a melhorar a qualidade da sua internet sem fio. 
Compartilhar Google+

Um Pouco Sobre Gel Tutoriais

Nome Verdadeiro: Jefferson Lima, Idade 25 Anos, Casado, Dono Do Blog Gel Tutoriais e Do Site I Love IPTV. Sempre Proucurando Coisas Novas Para Aprender e Trazer Para Meus Leitores. Sou Um Cara que Vivo Para Aprender, E Tudo Aquilo que Sei Será Adicionado aqui no meu Blog. "Do que Vale O Conhecimento Se não Pode Ser Passado Para Frente...

0 comentários :

Postar um comentário