Galaxy J7 Prime ou Moto G 4 Plus: veja o comparativo de especificações



O Galaxy J7 Prime chegou ao Brasil em novembro de 2016 como sucessor do Galaxy J7 Metal, lançado no mesmo ano. Mantendo o design metálico, ele se destaca por trazer sensor biométrico para a família Jde celulares da Samsung. O recurso já está presente em rivais de outras marcas, como o Moto G 4 Plus, da Motorola/Lenovo. Os dois smartphones são vendidos no mercado nacional por preços similares, na faixa dos R$ 1.500.



Na parte interna, os telefones apresentam muitas diferenças. Seus processadores não são fabricados pela mesma empresa e eles têm quantidades diferentes de memória RAM. Além disso, os aparelhos possuem câmeras traseira e frontal com megapixels e recursos distintos. Confira todos os detalhes das fichas técnicas e saiba qual compensa mais o investimento.


Tela

Os displays encontrados nos dois smartphones são muito parecidos. Com as mesmas dimensões (5,5 polegadas na diagonal), eles oferecem também resolução Full HD, com 1080 x 1920 pixels. A diferença está na tecnologia empregada pelas fabricantes. Enquanto a Lenovo opta pelo clássico IPS, a Samsung prefere a PLS TFT. No dia a dia, porém, as imagens exibidas nas telas tendem a ser semelhantes.

Design



Se no quesito tela há empate, o inverso acontece no design. O Moto G 4 Plus não chega a ser um aparelho com visual feio, mas o material usado em sua construção não agrada perto do metal empregado no J7 Prime. O lançamento da Samsung é feito todo de alumínio e pode oferecer uma sensação melhor ao ser segurado nas mãos.

Além disso, o novo J7 tem largura e altura ligeiramente menores, o que tende a facilitar a pegada com uma só mão. Por outro lado, perde no peso: com 167 g, é 10 g mais pesado que o Moto G 4 Plus – nesse caso específico, vantagem da construção em plástico.



Armazenamento
O J7 Prime e o G 4 Plus vêm com os mesmos 32 GB internos para armazenamento, quantidade suficiente para grande parte dos usuários. Caso seja necessário expandir o espaço, é possível também usar cartão de memória no formato microSD em ambos os smartphones. O Galaxy leva uma vantagem nesse quesito, caso seu interesse for obter o máximo de gigabytes possível: ele suporta cartões de até 256 GB, contra 128 GB no Moto G4 Plus.

Processador e memória RAM



O conjunto de processador e memória RAM também se difere bastante nos celulares. O Galaxy J7 Prime tem um chip octa-core Exynos 7870, fabricado pela própria Samsung. Já o rival traz um QualcommSnapdragon 617, também com oito núcleos de processamento.

Em relação à memória RAM, há vantagem do J7 Prime. Ele vem com 3 GB contra apenas 2 GB do Moto G 4 Plus. Com isso, tende a ter maior facilidade na navegação entre aplicativos abertos e no carregamento de páginas na web. A tendência é que o celular da Samsung ofereça o melhor desempenho geral da dupla, mas só é possível ter certeza depois de um review do J7 Prime.





Câmera

As câmeras traseiras e dianteiras dos smartphones são bem diferentes. O J7 Prime tem um sensor fotográfico principal de 13 megapixels, contra 16 MP no Moto G 4 Plus. Já nas selfies, a vantagem em megapixels vai para o modelo da Samsung, que oferece câmera frontal de 8 MP contra 5 MP do rival.

No entanto, a disputa vai além da quantidade de pixels nas fotos. As duas câmeras do J7 Prime têm abertura de f/1.9, maior do que no G 4 Plus, que tem f/2.0 atrás e f/2.2 na frente. O resultado são fotos mais iluminadas no Galaxy, algo importante se você costuma fotografar em ambientes fechados com pouca luz.

Versão do Android




Tanto o Galaxy J7 Prime quanto o Moto G 4 Plus vêm com Android 6.0 Marshmallow

Compartilhar Google+

Um Pouco Sobre Gel Tutoriais

Nome Verdadeiro: Jefferson Lima, Idade 25 Anos, Casado, Dono Do Blog Gel Tutoriais e Do Site I Love IPTV. Sempre Proucurando Coisas Novas Para Aprender e Trazer Para Meus Leitores. Sou Um Cara que Vivo Para Aprender, E Tudo Aquilo que Sei Será Adicionado aqui no meu Blog. "Do que Vale O Conhecimento Se não Pode Ser Passado Para Frente...

0 comentários :

Postar um comentário