Header Ads

Como migrar contatos do iOS para o Android?


Acabou o amor pela Apple e você resolveu adquirir um smartphone com Android? Fique tranquilo que o Oficina da Net te dá uma mão. Bom, para começo de conversa, estamos falando da troca total de um sistema operacional único, o iOS, para outro sistema aberto e presente na avassaladora maioria dos smartphones do planeta. Essa migração poderia ser ainda menos compatível, mas é bem tranquila. Você só precisa saber fazer a coisa certa.


Migrando do iOS para Android (Google)

Vamos assumir aqui que você possuía um iPhone 4, ele ficou defasado e você optou pela compra de um magnífico Moto Z


Quando você adquiriu seu iPhone, criou uma conta Apple ID e no iCloud, certo? Então, obviamente, é através dela que vamos dar o primeiro passo, acessando sua conta no iCloud pelo PC. Outro ponto extremamente importante é que você PRECISA ter ou criar uma conta no Google.

Quando você adquiriu seu iPhone, criou uma conta Apple ID e no iCloud, certo? Então, obviamente, é através dela que vamos dar o primeiro passo, acessando sua conta no iCloud pelo PC. Outro ponto extremamente importante é que você PRECISA ter ou criar uma conta no Google.






Agora voltando ao iCloud, faça login em sua conta Apple ID e vá até o menu de contatos.














Com a lista de contatos à mostra, selecione todos os contatos com as teclas "Ctrl+A", encontre a engrenagem no canto inferior esquerdo da tela. Clique e procure pela opção "Exportar vCard"; clique novamente. Confira se o download do vCard foi feito corretamente.



Agora vá para o Gmail em uma aba da internet e acesse a aba de contatos do gmail. Clique na opção "Mais" e na sequência em "Importar".






Encontre o vCard com seus contatos e posteriormente clique em "Importar". E voilà, seus contatos estão todos registrados no Google.















Agora basta sincronizar sua conta Google no novíssimo aparelho Android e viver feliz; este método funciona em todos os aparelhos que funcionam com Android. Não esqueça de compartilhar e deixar um joínha ao fim deste texto.


Nenhum comentário